Vai uma franquia aí?

em 13 agosto | em EMPREENDEDOR, franquia. ponto de venda | por | com Sem comentários

Você sonha em abrir uma empresa, mas as incertezas que rondam esse investimento são maiores que a vontade de empreender? Então, porque não pensar em ser um franqueado? Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento do setor quase triplicou no período de 2001 a 2009, passando de R$25 bi para mais de R$63 bi.

Se os números constatam a eficiência do país nesse ramo de negócios, a pergunta que fica é: como iniciar um planejamento para ter uma franquia?

Antes de qualquer decisão, é preciso analisar o segmento no qual você irá investir e suas vantagens econômicas. Entre 2008 e 2009, por exemplo, o faturamento dos setores de acessórios pessoais e calçados teve uma variação de 41,2% para cima. Nesse mesmo período, o setor de hotelaria e turismo cresceu 33,3% no seu número de redes existentes. Balancear lucratividade e oportunidade de crescimento é um excelente modelo de análise criteriosa para ser realizado antes de definir o ramo de atividades que você irá empreender.

Decidido o segmento, é chegado o momento de conhecer as propostas das redes que disponibilizam esse tipo de investimento. Preste atenção nas limitações impostas pela franqueadora e busque referências de pessoas que aderiram à parceria com essa empresa. Procure estar alinhado com seu advogado sobre a legislação que regula o sistema de franchising, como aspectos contratuais, tributários, trabalhistas e contábeis.

Encontrar o ponto em que a loja será instalada tende a ser o próximo passo para aquele que já estabeleceu qual empresa e marca serão seus aliados na abertura do próprio negócio. Fique atento: algumas franquias limitam a região em que você poderá abrir um ponto de venda. Isso acontece para padronizar o público que a empresa pretende atingir e determinar o foco da área de atuação do setor.

Para ter certeza de que estará em um local comercial estratégico, você pode também avaliar a movimentação em torno do estabelecimento antes de fechar negócio. Observe quantas pessoas passam pelo local e qual a visualização da loja para quem passa de carro.

Manter o bom relacionamento e uma comunicação aberta com colaboradores, fornecedores e parceiro local são as ferramentas ideais para alavancar o empreendimento e viabilizar oportunidades de expansão da rede.

O empreendedor nato, ou seja, aquela pessoa que nasceu com as características de um profissional inovador, ousado e realizador, precisa medir suas ações para que elas não se voltem contra o seu novo empreendimento. É natural que ele queira mudar algumas regras estabelecidas pela franqueadora, ou que deseje modificar processos viabilizando a agilidade e eficiência do negócio. Mas, lembre-se que todas as normas foram estabelecidas mediante a experiência da empresa de franchising, que está a mais tempo no mercado.

Franquia pode ser um porto seguro para empreendedores iniciantes, pois as redes existentes tiveram seus pontos fracos e fortes testados anteriormente por outro investidor e, também, aprovados pelos consumidores finais. Acreditar em um ramo de negócios em que a possibilidade de expansão e as chances de aceitação do mercado são maiores, quando comparadas ao risco de criar um novo empreendimento no mercado, tende a ser uma opção reconhecida pelos brasileiros que desejam ter uma empresa para chamar de sua.

Fonte: http://www.plenamulher.com.br

Lênia Luz

Lênia Luz é Sócia-fundadora e Diretora de Comunicação da Aurelio Luz Franchising & Varejo. Fonoaudióloga, psicomotricista e arteterapeuta; especialista em comunicação humana. Consultora especialista em Microfranquias pelo Instituto Tomodati/BID. Especialista em Empreendedorismo pela FGV/Goldman Sachs, através do projeto “10.000 Mulheres Empreendedoras do Mundo”. Participante da Oficina de Gestão e Empreendedorismo da UFPR. Certificada pela IFA International Franchising Association. Professora Titular do MBA em Empreendedorismo Feminino da UFSCar. Professora da Universidade Livre do Comércio, da Associação Comercial do Paraná e de Gestão Executiva de Bares e Restaurantes na Espaço Gourmet Escola de Gastronomia. Articulista e palestrante em eventos de franchising e empreendedorismo feminino. Criadora dos blogs “Empreendedorismo Rosa”, “Mundo das Franquias” e “Mundo das Microfranquias”. Colunista dos blogs/sites “Bolsa de Mulher”, “Mulheres no Poder”, “Revista + Mulher” e “Portal Webnews – Japão”. Colunista do blog Mulheres Empreendedoras, da revista PEGN – Pequenas Empresas Grandes Negócios.

Ver outras postagens - Site - Twitter

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top