Mais uma lição aprendida com o McDonald’s

em 18 maio | em comunicação, Lênia, relacionamento | por | com Sem comentários


Pesquisando e estudando sobre gestão de Carreira, encontrei um artigo que falava sobre as lições da McDonald’s.

Conta-se neste artigo de que no ano de 1954, Ray Kroc, um anônimo vendedor de máquinas de milk shakes, entrou em uma lanchonete em San Bernardino, Califórnia, EUA, para entregar aos irmãos McDonald’s, Dick e Mac, duas destas máquinas, e o mundo dos negócios nunca mais seria o mesmo. Ali começou uma revolução na maneira de fazer negócios, que se espalhou por todos os continentes nas próximas décadas, criando uma indústria bilionária.

Vale lembrar aqui que Ray Kroc, aos 52 anos, estava vivendo uma péssima fase em seu negócio de vendas de multimixers, e ansiava por encontrar novas oportunidades de negócios. Conheceu, então, os irmãos McDonald’s e percebeu que eles haviam criado uma lanchonete “diferente”, que fazia enorme sucesso naquela localidade pela qualidade dos serviços, dos hambúrgueres e na rapidez com que atendiam seus fregueses.

Ray Kroc logo entendeu que aquele modelo poderia ser expandido com sucesso para outras localidades, e convenceu os irmãos McDonald’s a lhe vender o direito de comercializar a marca e as idéias daquele protótipo de lanchonete. Assim iniciava uma FRANQUIA, a 1ª do McDonald’s.

Várias são as lições que podemos tirar desta trajetória de sucesso mas vou focar em uma delas que é o desenvolvimento da Comunicação Eficaz na relação Fraqueado e Franqueado.

Segundo os colaboradores de Ray Kroc, ele era um homem bem humorado e passava sempre um ar de felicidade, marcas de quem mantêm uma Comunicação Eficaz.

Na relação Franqueado e Fraqueador deve-se manter em mente a necessidade da manutenção de um relacionamento saudável. Uma das formas, além do bom humor e do “ar de felicidade” em fazer o que se gosta, é ser criativo nos processos de comunicação. Para que ela seja EFICAZ deve-se proporcionar condições efetivas de amadurecimento do relacionamento franqueador-franqueado. É muito melhor que uma franqueadora possua três canais de comunicação com sua rede – permanentes, transparentes e produtivos – que possam viabilizar uma comunicação mais fluente e direta, do que estabelecer “mil e um” canais de comunicação que não são eficazes e muito menos trazem resultados positivos para o relacionamento da rede.

Abraços comunicativos!
Lênia Luz
Consultora em Comunicação

Lênia Luz

Lênia Luz é Sócia-fundadora e Diretora de Comunicação da Aurelio Luz Franchising & Varejo. Fonoaudióloga, psicomotricista e arteterapeuta; especialista em comunicação humana. Consultora especialista em Microfranquias pelo Instituto Tomodati/BID. Especialista em Empreendedorismo pela FGV/Goldman Sachs, através do projeto “10.000 Mulheres Empreendedoras do Mundo”. Participante da Oficina de Gestão e Empreendedorismo da UFPR. Certificada pela IFA International Franchising Association. Professora Titular do MBA em Empreendedorismo Feminino da UFSCar. Professora da Universidade Livre do Comércio, da Associação Comercial do Paraná e de Gestão Executiva de Bares e Restaurantes na Espaço Gourmet Escola de Gastronomia. Articulista e palestrante em eventos de franchising e empreendedorismo feminino. Criadora dos blogs “Empreendedorismo Rosa”, “Mundo das Franquias” e “Mundo das Microfranquias”. Colunista dos blogs/sites “Bolsa de Mulher”, “Mulheres no Poder”, “Revista + Mulher” e “Portal Webnews – Japão”. Colunista do blog Mulheres Empreendedoras, da revista PEGN – Pequenas Empresas Grandes Negócios.

Ver outras postagens - Site - Twitter

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »

Scroll to top